Planejamento Financeiro Para Empreendedores Digitais

Um negócio escalável na internet requer conhecimento em marketing digital, um gerenciamento eficiente e um planejamento financeiro adequado.

Começar um novo empreendimento é sempre um desafio à parte. Ainda mais quando se começa do zero e não se sabe ao certo quais são as expectativas. Por isso, ter um planejamento financeiro se torna um elemento crucial e importante, pois ele pode prever situações futuras bem como, o quanto de dinheiro você pode ganhar.

Mas, se você é novo dentro de um negócio digital, se planejar pode parecer algo além do que você imaginou. Afinal de contas, você pode ter levado uma vida toda fazendo as coisas conforme o que as situações apresentavam. Contudo, se agora você é um empreendedor, essa situação muda.

No post de hoje, eu quero compartilhar com você, empreendedor digital que deseja ter sucesso em sua carreira, como fazer um planejamento financeiro adequado com o seu negócio. Então, me acompanhe até o final para entender como isso funciona!

O que é um planejamento financeiro e por que ele é importante para a sua empresa?

Um planejamento financeiro nada mais é do que um conjunto de ações que visam o preparo para situações futuras. Assim, ele pode ser realizado tanto de maneira individual, como dentro de empresas.

E em se tratando de negócios, ele precisa ser realizado como muito rigor, já que envolve toda a estrutura de uma empresa.

Dentro de um planejamento financeiro, tudo o que diz respeito à movimentações financeiras está ali dentro. Isso vai desde o pagamento de funcionários, compra de materiais, despesas com serviços essenciais – como energia elétrica e internet, e tudo aquilo que envolver ganhos ou gastos.

Assim, quanto mais completo ele for, mais a sua empresa ganha.

Este planejamento funciona para todo tipo de empresa?

Planejamento financeiro e por que ele é importante

A resposta é sim!

Seja uma empresa física ou digital, o planejamento financeiro deve ser um elemento presente, e uma das primeiras decisões a serem tomadas.

Entretanto, é natural que surjam muitas dúvidas em relação ao assunto, já que bem sempre estamos preparados para montarmos algo tão detalho assim.

Por isso, vamos a um passo a passo de como você deve se planejar, principalmente, se o seu negócio for virtual, pois acredite, você também vai precisar investir tempo e dinheiro.

Assim, precisará saber o que fazer e quando fazer! Então, vamos lá?

Passo 1 - Conheça o funcionamento de seu empreendimento

O primeiro passo para começar a planejar financeiramente as despesas de seu empreendimento, é saber como ele funciona.

Em um negócio digital, por exemplo, é preciso analisar todo o cenário e isso inclui:

  • Gastos com montagem de sites e manutenção;
  • Investimentos em anúncios pagos;
  • Contratação de redação para blog com textos otimizados;
  • Gastos referentes aos serviços essenciais, como energia elétrica e internet;
  • Seu salário – que apesar de ser seu, também entra como um gasto.

Tudo isso precisa ser analisado de maneira minuciosa, já que você deve saber o que faz parte de seu empreendimento ou não.

Com estas informações em mãos, você poderá ir então para o próximo passo.

Passo 2 - Saiba quais são todos os custos

No planejamento financeiro saiba quais são todos os custos

Além de entender o funcionamento de seu empreendimento, você deve se atentar aos custos.

E neste contexto, você encontra dois tipos de custos distintos:

  • Custos variáveis: que podem ser despesas com anúncios, com a aquisição de algum material novo – como um curso, por exemplo – entre outros;
  • Custos fixos: que são aquelas despesas que têm valor fixo, como o pagamento da internet, além do seu próprio salário.

Assim, você poderá compreender muito bem o que está saindo do seu caixa, para só depois realmente identificar quais estão sendo os lucros de sua empresa.

E como fazer a organização destes valores

Organizar os valores é tão importante quanto a identificação deles. E, para que você não se perca, a montagem de uma planilha em Excel se torna algo essencial.

Nela, você deve discriminar quais são estes custos, organizando-os em duas colunas.

No começo, pode até parecer um pouco mais difícil, mas com o tempo, isso vai ficando mais fácil.

Identifique os valores

Depois deste processo, ainda dentro deste segundo passo, é importante você fazer a identificação de valores, sendo eles:

  • Capital de giro – aquele valor que você precisa ter todo mês para manter a sua empresa funcionando, incluindo os custos;
  • Valor total bruto – trata-se do valor que sua empresa recebe por tudo o que vendeu, sem o desconto do capital de giro;
  • Lucro líquido – este é o valor resultando do valor total bruto menos o capital de giro.

Desta forma, é possível analisar se a sua empresa está indo bem ou mal. Pois se o lucro for maior que as despesas, isso é sinal de que você está indo bem. Mas se ele for inferior, isso pode significar que você está pagando para trabalhar, sendo preciso mudar sua estratégia.

Quer entender mais ainda do assunto? Confira o artigo Empreendedorismo Digital.

Passo 3 – Dentro do seu planejamento financeiro, defina objetivos e metas

Dentro do seu planejamento financeiro, defina objetivos e metas

Ir tocando o seu negócio sem ter muita perspectiva é o pior erro que você pode cometer. Pois não se trata apenas de sobreviver dele, já que um negócio de sucesso é aquele que fazem os olhos do empreendedor brilharem.

E a maneira que um empreendedor tem de realmente ter sucesso em seu negócio é estabelecendo objetivos e metas.

Mas como definir estas duas coisas?

Bom, vamos lá! É simples de compreender e eu vou te explicar tudinho agora.

Os objetivos são aquilo que você almeja para o seu negócio dentro de um espaço de tempo, que pode ser 1, 2, 3 anos. Por exemplo, aumentar as vendas como afiliado em 30% até o início do próximo semestre, ter um faturamento de X mil ano em 2 anos; ter a marca reconhecida em x regiões em 1 ano. Enfim, os objetivos podem ser os mais variados.

Só que a definição dos objetivos é apenas o primeiro passo, já que para que sua empresa consiga alcançar estes objetivos, será preciso realizar algumas ações. E estas ações, chamamos de metas.

As metas, portanto, têm um determinado período tempo e estão dentro de cada objetivo.

Voltemos ao exemplo dos objetivos, onde o primeiro objetivo é aumentar as vendas como afiliado em 30% até o início do próximo semestre, pense, quais ações serão necessárias para que isso aconteça.

Entre elas, podemos citar:

  • Aumento de investimento em anúncios pagos;
  • Mais textos para o blog com a finalidade de chamar à atenção do consumidor;
  • Novas estratégias de e-mail marketing;

Enfim, as possibilidades são muitas.

E aí está o segredo de entender o funcionamento de sua empresa. Pois somente sabendo o que de fato está tendo resultado é que você conseguirá definir metas mais realistas.

Passo 4 – Faça o orçamento

No planejamento financeiro faça o orçamento

Depois do estabelecimento de objetivos e metas, chega então o momento de realizar o orçamento. Ou seja, tudo que será investido nas metas em um determinado período de tempo para alcançar os objetivos.

Neste orçamento, você deve ter anotado cada despesa, centavo por centavo, pois isso é muito importante.

Com o orçamento em mãos, será possível compreender se a sua empresa é capaz de investir em tudo o que precisa naquele momento, ou se deverá escolher as prioridades.

E lembre-se, seja qual for a situação, o importante é que você opere com valores em que possa arcar, sem causar quaisquer ônus à sua empresa.

Passo 5 – Para obter um bom resultado de planejamento financeiro para a sua empresa, não se esqueça de incluir os cenários alternativos

Os cenários alternativos consistem na criação de possibilidades para a sua empresa, imaginando o que pode acontecer de bom ou de ruim para ela.

Basicamente, existem duas formas de enxergarmos os cenários:

  • De uma forma otimista – onde os resultados dos investimentos sejam visivelmente identificados e o número de vendas esteja aumentando;
  • Com pessimismo – onde os resultados não sejam tão bons e o número de vendas não tenha aumentado, mesmo com investimentos ou pior, tenha caído.

Dentro destas duas perspectivas, é importante que você saiba como agir por isso, vamos ao último passo.

Passo 6 – Realize um plano de ação

No planejamento financeiro realize um plano de ação

Dentro do seu planejamento financeiro você precisa ter um plano de ação onde criará um cronograma de tarefas e dando baixa naquelas que realizou.

Além disso, depois que realizar cada tarefa, sempre determine a próxima para que assim, consiga alcançar seus objetivos dentro do previsto.

Aprenda a realizar o seu planejamento financeiro e ter um negócio de sucesso.

Se você deseja realizar um planejamento financeiro e ter um negócio de sucesso e não sabe como fazer isso, então não se preocupe pois eu sei como te ajudar.

Eu tenho a dica de dois artigos que podem mudar o modo como você realiza as suas vendas dentro da internet, o primeiro deles é o Marketing Digital que é essencial para você aprender como começar.

Nele, você irá descobrir estratégias eficientes para divulgar seus produtos e ter sucesso em suas vendas.

Já o segundo artigo, é o de Empreendedorismo Digital, onde são revelados todos os segredos para que você se torne um empreendedor de sucesso e consiga alcançar seus objetivos de maneira eficiente.

Por isso, se você deseja ter sucesso em sua carreira não deixe de ler estes dois conteúdos!

Eles realmente mudarão o modo como você toca seu negócio!

Infográfico Planejamento Financeiro Para Empreendedores

Sobre o autor

Bruno Ribeiro Saiba Mais
Olá,
Sou Bruno Ribeiro, Fundador do Próxima Ideia, formado em Administração de Empresas, com especialização em Marketing Digital. Idealizador e criador do Blog Próxima Ideia, voltado para o Empreendedorismo e Mindset.

Posts Recentes

Descubra o Único Método Passo a Passo Para Criar Seu Negócio Online que Funciona de Verdade

+ de 210 mil Alunos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© Próxima Ideia. Todos os direitos reservados.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro
Dúvida?Clique